blog7

Mulheres multifuncionais e a feminilidade

Por: Ramy Arany

Com a crescente presença das mulheres em todas as áreas de nossa sociedade, cada dia mais a força feminina se torna importante e necessária para o desenvolvimento e sustentação planetária. Porém, com isto muitas coisas mudaram na ordem e organização do que antes era considerada como função das mulheres. De forma exaltada, se discute a questão do quanto a mulher se encontra desempenhando vários papéis ao mesmo tempo e, o que isto traz de implicação na condição da saúde, no lar, na educação dos filhos, na família, no casamento, na maternidade, nos relacionamentos em geral, dentre outros.

As mulheres têm uma grande capacidade de sustentarem suas múltiplas funções e também de serem grandes líderes. As mulheres possuem maior visão do todo e da parte, e estão sempre pensando assim, por isto conseguem ser ao mesmo tempo mulher, mãe, filha, profissional, dona-de-casa, esposa, dentre outras funções ou papéis. As mulheres são capazes de trabalharem profissionalmente e ao mesmo tempo administrarem suas casas, seus filhos, estudos,a mulher além de mostrar suas capacidades de exercer múltiplas funções, ainda é pressionada por vários fatores, inclusive os interno estudo dos filhos, lição de casa, prova, relacionamento afetivo, conjugal, maternidade, dentre outros, buscando mesmo com dificuldades sustentarem este todo, observando cada situação e todas elas ao mesmo tempo.

A visão feminina é focada no que é mais essencial e naturalmente a mulher traz como seu talento natural conseguir colocar uma ordem e organização de forma que ela possa perceber o que é de fato importante a ser sustentado no todo, sem, contudo perder de vista cada parte. As mulheres são profundamente guerreiras, pois dificilmente abandonam uma situação num momento de dificuldade, e possuem um instinto muito aguçado de proteção e de nutrição, pois já nascem com a capacidade natural para isto, pois é da própria natureza feminina o ser mãe, ser guardiã, mesmo que não gestem filhos.

Além de toda esta força, que entendo como talentos naturais femininos, a mulher ainda sustenta sua feminilidade, cuidando de sua beleza, de seu corpo, de seus cabelos, de sua saúde, buscando sustentar uma aparência cuidada, uma elegância sem exageros e uma feminilidade que torna a vida mais bonita. Há quem diga, que se não fosse a presença das mulheres nos mais variados tipos de beleza, o mundo seria muito feio. Por mais que as mulheres tenham alcançado uma igualdade perante o masculino, a presença das mulheres sempre traz um toque especial da feminilidade que se estende a tudo e traz harmonia as áreas mais masculinizadas. É fácil perceber-se que num ambiente há a presença de mulheres: um perfume no ar, uma vasinho com flores sobre a mesa, um enfeite, um quadro, um porta-retrato com fotografias etc.

This is image post

Mulheres multifuncionais e a feminilidade

A feminilidade também envolve o cuidar da beleza interna e as mulheres são, também, as mais frequentadoras de cursos de autoajuda, terapias para o autoconhecimento e cursos que as ajudem a irem além das dificuldades. A intuição feminina também é muito respeitada, e isto já é comprovado pela ciência como sendo áreas da percepção cerebral que são mais ativas na mulher, tornando-a mais complexa quanto ao raciocínio, visão, compreensão, emoção e a própria percepção.

Infelizmente, existe uma tendência social que já é cultural principalmente no ocidente de cobrar da mulher que ela se mantenha sempre jovem, bonita, magra, com corpos esculturais, atraente chegando até esbarrar no arquétipo dase não fosse a presença das mulheres nos mais variados tipos de beleza, o mundo seria muito feio mulher fatal. Cobrar da mulher que ela esteja sempre pronta e radiante como uma jovem, fragmentando a maturidade interna (que naturalmente vem das experiências vividas através dos anos de vida), da externa (o natural envelhecimento do corpo) é conduzi-la a não aceitação do que é natural e condená-la a supervalorização da forma em detrimento da essência.

Assim, a mulher além de mostrar suas capacidades de exercer múltiplas funções, ainda é pressionada por vários fatores, inclusive os internos, há que se mantenha sempre com a imagem física que a sociedade elege como sendo a ideal. Fato este, que para os homens, não tem tal peso e proporção quanto para as mulheres. É importante que a mulher cuide de sua aparência e que viva feliz com a mesma, sem, contudo se permitir ser invadida por valores discriminativos.

Penso que quanto mais conscientizada a mulher estiver sobre o que é verdadeiramente feminilidade, autoestima e autoimagem maior será sua força e maior será sua capacidade de exercer seus talentos e feminilidade, livre de valores superficiais e invertidos que apenas a conduzem para uma beleza ilusória e falsa.

Penso que por todas estas razões a mulher é de fato multifuncional, ao mesmo tempo feminina, cuidando de todos os seus papéis e suas múltiplas jornadas de trabalho, encontrando tempo e espaço para cuidar de sua feminilidade para ser sempre verdadeiramente bonita e consciente de que a beleza é natural e inerente a cada ciclo de idade.