blog7

Quando a amizade vira amor: o que fazer?

Por: Ramy Arany

Muitas pessoas desconsideram a importância da amizade para o amor, pois existe a crença de que um relacionamento amoroso nada tem a ver com amizade, pois isto é coisa que acontece entre amigos e não entre pessoas que se amam. Contudo, esta crença “amor é amor, amizade é amizade e não se misturam” precisa ser transformada, pois a amizade é fundamental no amor, consolidando a relação a dois e tornando-a mais verdadeira e profunda.

Todo o casal que nutre a amizade manifesta uma maior cumplicidade entre si, onde um é verdadeiramente companheiro do outro seja em qualquer situação, orientando um ao outro, e sustentando o costume natural de conversarem e construírem juntos a relação no dia-a-dia. Este tipo de casal é formado por pessoas mais maduras e assim, a relação tende a se manter através do tempo pela vida afora, pois é uma relação que evolui acompanhando as mudanças do casal, da vida, da própria relação e do amor.

This is image post

Quando a amizade vira amor: o que fazer?

Penso que a amizade é essencial sendo muito positiva seja qual for o tipo de relação amorosa, sendo assim, penso ainda ser muito bom quando a amizade se amplia e se transforma em um sentimento mais profundo como o amor entre uma mulher e um homem. No início a maioria leva um susto ao perceber que se encontra gostando do amigo, por exemplo, e tende a esconder com medo de perdê-lo por conta disto, de ser criticada, julgada como imatura e tendo confundido tudo. Há também o medo disto se espalhar e chegar aos ouvidos dos outros que somente irão complicar mais sua situação.

Porém, por mais que os fantasmas da mente lhe projetem medos é muito importante que você seja verdadeira para com ele e fale sobre seus sentimentos e como você está se sentindo perante esta nova descoberta, pois se ele realmente é seu amigo saberá lhe compreender e lhe respeitar. Contudo, é preciso muita cautela e paciência, pois ele pode não estar preparado para sua declaração de amor e se assustar podendo até se afastar de você. Se isto ocorrer você saberá que ele não era de fato seu amigo; porém terá que correr este risco.

Quando não há a correspondência dele perante seus sentimentos, mas há a amizade verdadeira, com certeza haverá o acolhimento de seus sentimentos,a maioria leva um susto ao perceber que se encontra gostando do amigo, por exemplo porém, ele lhe falará que continua a lhe ver apenas como a sua melhor amiga, que você é importante para ele, mas como amiga somente. Com isto, por mais que seja difícil você deve rever seus sentimentos e se desapegar deles, para não ficar ligada e sofrendo por alguém que não irá lhe retribuir o amor que você necessita. Dependendo de sua maturidade você poderá se afastar dele, caso fique impossível de conviver com ele apenas como amigos.

Há ainda a possibilidade dele, após saber de seu amor, se despertar e lhe corresponder iniciando assim, um relacionamento amoroso entre vocês dois. Claro que casos como este existem, não se tratando de conto de fada; de amor perfeito e da relação fantástica; porém, são os relacionamentos que mais têm condições de darem certo, justamente pelo caminho da amizade já construída. Penso que, sendo correspondida ou não, é necessário que haja muita sinceridade entre ambos para que seja possível encerrar um ciclo ou começar um novo.

Como uma sábia anciã uma vez me ensinou: “muitas vezes durante nossa vida nós nos encontramos navegando num rio e chegamos a uma curva e, neste momento, sentimos medo de seguir a frente, por justamente não sabermos o que encontraremos depois dela. Porém, somente saberemos realmente o que se encontra além da curva se a fizermos e, para isto, teremos que nos entregar, nos desapegarmos dos medos e das dificuldades e fluirmos com as águas do rio, seguindo em frente na sua continuidade.”